Que o marketing é essencial para toda empresa, nem precisa discutir. Mas nunca se falou tanto nesse assunto principalmente com a ascensão da era digital. De pequenas a grandes empresas, pensar em cada pilar do seu negócio é o que ditará a sua permanência no mercado a longo prazo.

Pensar em Marketing para Academia é um processo que, assim como em qualquer empresa, vai além de uma postagem nas redes sociais. Na verdade, um post nas redes sociais é o resultado de todo um estudo e planejamento realizado anteriormente.

Atrair visitantes, fugir da guerra com as low costs e fidelizar alunos são assuntos constantes entre os donos de academia, e encontrar seu diferencial requer um olhar apurado do mercado, cuja a tendência é tornar-se cada vez mais competitivo diante do aumento da demanda por uma vida mais saudável.

Então, se você não tem ideia de como começar a estruturar o marketing da sua academia, isso não será mais problema. Vamos listar o passo a passo para você começar a se planejar o quanto antes.

É clichê mas não tem jeito: tudo começa no planejamento. O planejamento consiste em várias etapas que serão os pilares do seu negócio como um todo, e todo o seu marketing será trabalhado a partir deles.

Nessa etapa você deve se perguntar: onde sua empresa está e onde ela quer chegar? Para isso, você deve primeiro analisar o seu mercado de atuação, definir seu público-alvo, suas metas e traçar as ações para o alcance dos objetivos.

A seguir estão alguns passos que você deve estudar!

Análise de ambiente

Resume todas as informações pertinentes à empresa. Devem ser analisados os ambientes interno externo. O ambiente externo refere-se às ameaças e oportunidades do negócio, composto pelos concorrentes, consumidores, fatores políticos, econômicos, sociais, culturais, tecnológicos, etc.

O ambiente interno envolve os aspectos fundamentais sobre o seu bom ou mau funcionamento, como os equipamentos disponíveis, a tecnologia, os recursos financeiros e humanos utilizados, os valores e objetivos que norteiam suas ações. A partir daí, consegue-se ter uma visão maior das forças e fraquezas que também poderão afetar positiva ou negativamente o desempenho da sua academia.

Público-alvo

A definição do público-alvo significa identificar um nicho de pessoas que você deseja servir. O mercado consiste em vários tipos de clientes, produtos e necessidades. É preciso determinar quais segmentos oferecem as melhores oportunidades para o seu negócio.

Sobre o seu público você deve levantar as seguintes informações: geográficos, demográficos, psicográficos e comportamentais.

O processo de classificação de acordo com esses fatores chama-se segmentação.

O mercado nada mais é do que a soma de diferentes segmentos. Quanto mais se conhece o mercado e seus clientes, mais fácil será a oferta dos seus serviços adequados a segmentos distintos.

Aqui também vale ressaltar a importância das personas. Persona é um termo utilizado no marketing para definir um tipo de cliente ideal entre aqueles que compõem o seu público-alvo. Isso é feito a partir da união de suas principais característica (incluindo as citadas acima), os hábitos e interesses, bem como gênero e faixa de renda.

Ou seja, para entender melhor quem você quer atingir você pode criar vários perfis ideais de clientes, e depois traçar estratégias para atraí-los, desde que tenha a ver com o seu negócio e o seu propósito.

Mas lembre-se: não tente agradar todo mundo. Foque em ser referência em um nicho específico para conseguir se diferenciar diante da concorrência e formar uma legião de clientes fiéis.

Veja também:
Ticket Médio em Academias – Como calcular e dicas para aumentar
Modelo de Pesquisa de Satisfação para Academias e Negócios Fitness
Guia Completo: Como fazer Marketing Digital na sua academia

Posicionamento

O posicionamento diz respeito à imagem que você deseja transmitir ao seu cliente em relação ao seu negócio. Essa imagem deve ser clara, distinta e bem definida em relação aos seus concorrentes garantindo vantagem sobre eles.

Para ilustrar melhor, trouxemos alguns exemplos de grandes redes:

Smartfit
“Smart Fit foi criada com o propósito de democratizar o acesso à prática de atividade física de alto padrão, com planos acessíveis e adesão facilitada.

BodyTech
“Na Bodytech tudo gira em torno de um único princípio: a qualidade de vida.”

Cia Atlhetica
“Praticamos o conceito cia in&out com o objetivo de melhorar a vida de nossos alunos como um todo […] Trata-se de uma linha de pensamento empresarial, do ambiente, do clima, da troca de sorrisos e de energia positiva.”

O posicionamento está ligado com a mente do público-alvo, ou seja, ocupar um lugar na mente que ainda não foi apropriado por nenhuma outra marca. A chave da questão aqui é ser o primeiro. O primeiro sempre é lembrado.

Objetivos e metas

Os objetivos e metas são os resultados que a empresa espera alcançar. Eles estão relacionados à missão da empresa e orientarão as suas ações.

  • Objetivos: declarações amplas e simples do que deve ser realizado pela estratégias de marketing. Exemplo: captar 300 novos alunos em um ano e reduzir a taxa de cancelamentos para 3 clientes por mês.
  • Metas: mais específicas e essenciais para o planejamento. Exemplo: conseguir 20 novos alunos por mês, gerar 300 novos leads mensais e diminuir o custo de aquisição de clientes (CAC) em 20% durante o ano.

Canais

Mais importante do que saber o quê e como comunicar, é saber onde. Você deve analisar quais meios de comunicação são mais viáveis para a sua academia, como também, analisar a aderência do seu público com eles.

Redes Sociais, e-mails, blogs, revistas e eventos são alguns dos canais que você pode explorar.

]Em era de tecnologia, ter presença digital é imensamente importante para suas estratégias, além de ser mais barato, você ainda pode atingir um grande número de clientes com anúncios segmentados.

Invista no conteúdo

Um bom conteúdo é capaz de gerar valor para o seu serviço, autoridade, atrair clientes em potencial e fechar negócios.

Os consumidores têm o poder de escolher o conteúdo que querem ver de acordo com seus interesses, e você têm o poder de produzir exatamente o que ele deseja.

Os conteúdos devem ser focados em resolver o problema de quem os lê, ou esclarecer alguma dúvida, trazer algum benefício, ou ensinar algo, tornando a venda apenas uma consequência desse processo.

Seu conteúdo, além de útil, deve aparecer na hora certa e no momento que seu potencial cliente mais precisa. Isso é o que gera conexão com a sua marca, criando uma imagem positiva, e assim, vender torna-se mais fácil pois as pessoas conhecem você e são mais propensas a fechar negócio. Isso é o que chamamos de Marketing de Conteúdo.

Blogs e email marketing são os principais meios para que você consiga criar autoridade no seu nicho de mercado com conteúdos relevantes e divulgar para sua base de clientes ou não clientes.

Sendo assim, procure identificar quais os tipos de conteúdo seu público tem mais interesse: dicas de treino, alimentação, opiniões de especialistas; tudo referente ao mercado que você atende.

Inbound Marketing

O Marketing de Conteúdo está inteiramente ligado à metodologia de Inbound Marketing, que podemos definir como um conjunto de estratégias que visa atrair e converter clientes através de um conteúdo relevante.

O objetivo é atrair seu público de uma maneira sutil. Você deixa que ele venha até sua empresa no tempo dele e dê permissão para que você passe a sua mensagem.

Para conseguir fazer isso, o Inbound se baseia em quatro pilares:

  • Atrair: por meio de conteúdo relevante, o inbound atrai visitantes interessados no negócio. Exemplo prático: E-book com os 6 passos do Emagrecimento Saudável.
  • Converter: aqui, o intuito é transformar visitantes em leads, aproximando-os mais do seu negócio e transformando-os em potenciais vendas;
  • Vender: seu lead está interessado no produto ou serviço que sua empresa oferece? Este é o momento de mostrar que sua solução é a melhor e fechar a venda;
  • Encantar: a relação entre sua empresa e seu cliente não termina após a compra. O Inbound prega um relacionamento duradouro, em que você ofereça todo o suporte necessário, além de encantar o cliente com materiais interessantes e um atendimento competente.

Essa metodologia te ajuda a criar uma base de potenciais clientes bem como atuais, e assim você cria estratégias para entregar exatamente o que ele precisa no momento certo. Você pode usar o e-mail para enviar newsletters, materiais ricos como e-books, infográficos; além de fazer ações promocionais.

Criar landing pages com um assunto específico para atrair leads também é uma das estratégias mais utilizadas. Mas lembre-se: seu conteúdo deve ser relevante e despertar o interesse do seu público.

Mensure seus resultados

Todo esse trabalho não tem eficácia se você não mensurar cada ação realizada, não é verdade? Por isso, estabelecer métricas para cada estratégia é essencial para que você analise sua efetividade.

Para isso você deve escolher as métricas e KPI’s certos para seu negócio e acompanhá-los regularmente para fazer os ajustes que forem necessários.

Exemplo de métrica: se um dos objetivos é captar 200 novos alunos em um ano, então duas das métricas seriam a taxa de matrícula e a taxa de conversão. E para que você consiga trabalhar sempre com dados confiáveis, é indispensável um sistema para academia que proporciona um alto controle de gestão e potencialize ainda mais seus resultados.

Exemplo de KPI: antes, vamos explicar, KPI vem da sigla em inglês para Key Performance Indicator, ou seja, Indicador-chave de Performance. É uma forma de medir se uma ação ou um conjunto de iniciativas está efetivamente atendendo aos objetivos propostos pela sua empresa.

Um indicador-chave de performance precisa ser valioso para o negócio e auxiliar você a tomar decisões mais assertivas. Tome cuidado ao estabelecer esses indicadores, pois um indicador errado traz resultado errado e compromete sua análise.

Dito isso, veja alguns exemplos de KPI’s: leads, tráfego, custo de aquisição por lead, taxa de conversão, receita total, dentre outros.

Conclusão

Marketing para academia é muito mais que fazer apenas anúncios e postagem nas redes sociais.

É um trabalho que requer tempo e um estudo minucioso de mercado para que você consiga atingir o maior objetivo: conquistar mais clientes, aumentar suas vendas e criar uma imagem de marca forte que fique gravada na mente do seu público.

Ingridy Sousa
Author

Publicitária pela PUC-GO (Pontifícia Universidade Católica de Goiás) e Copywriter na empresa Pacto Soluções.


Deixe seu comentário


guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments